Garota contou que os abusos ocorriam dentro de uma bar da família, no qual ela era obrigada também a trabalhar

Um homem de 47 anos foi preso na noite desta segunda-feira (31), no bairro Cruzeiro do Sul, em Betim, na região metropolitana, suspeito de abusar sexualmente da filha, de apenas 14 anos. A denúncia partiu da própria vítima, que teria contado ao namorado, de 18 anos, e à irmã dele que estava sendo coagida pelo pai a manter relações sexuais com ele. 

De acordo com o boletim de ocorrência, a menina contou que a família tem um bar na cidade e que desde os 12 anos o pai a fazia trabalhar no estabelecimento. 

A adolescente teria lamentado o fato de estar “perdendo” a adolescência para ter que trabalhar no negócio da família. Ela relatou ainda que, na noite de segunda-feira, o pai teria acariciado os seios dela, dentro do bar. A vítima também contou que o homem a teria abraçado por trás na mesma noite. 

A soma das ações teria feito com que a adolescente contasse ao namorado e à irmã dele o que estava acontecendo. A menina disse também que, dias antes, ela havia recusado fazer sexo com o pai e ele teria se irritado com isso.

O homem, então, teria pegado um garfo na cozinha, esquentado no fogão e queimado uma das nádegas da filha. A adolescente ressaltou que as agressões eram constantes e envolviam tapas no rosto e puxões de cabelo e estariam ocorrendo havia pelo menos dois anos. 

A mãe da vítima informou que não sabia de nada antes da denúncia da filha. O homem foi preso, e a menina, encaminhada para atendimento médico no Hospital Regional de Betim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui