O PSDB, tradicional partido que movimenta a Política de Capelinha, pode ter que tomar uma decisão importante nos próximos dias sobre quem irá apoiar.

Apesar de parecer que o partido está na base de apoio a Zezinho, a saída de Dr. Fabrício pode ser uma oportunidade para o partido se afastar de vez do grupo de Zezinho, já que há muito tempo o grupo vem se manifestando internamente insatisfação com o grupo.

Já nas eleições de 2016, por exemplo, Conceição, que compôs a chapa de vice de Zezinho, teve que ser convencida por amigos do partido a participar das eleições. Na semana da eleição, a mesma chegou a dizer internamente que houve muita insistência do grupo para que ela fosse candidata a vice do Zezinho.

Um favor para a amiga

Segundo fontes, o convite para que Dr. Fabrício fizesse chapa com o ex-prefeito Zezinho, partiu de Conceição Vieira, que se tornou principal liderança do PSDB após a morte de seu marido.

Conceição foi grande parceira na vinda a permanência de Fabrício em Capelinha. Na época, ela era Presidente da Fundação Hospitalar e ele, como médico recém formado que saiu de Virgem da Lapa a procura de uma cidade para se estabelecer, foi convidado a trabalhar no Hospital e teve o apoio dela como uma mulher muito influente junto à sociedade, na política e na administração do Ex Prefeito Zezinho da Vitalina.

Com isso, Fabrício montou um consultório no centro, e, aos poucos, foi trazendo mais profissionais para trabalhar com ele.

Através de sua entrada na Fundação, Fabrício ganhou espaço em Capelinha e região, montou um centro de tomografia e ampliou sua clínica médica se tornando referência regional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui