O prefeito de Angelândia, Paulinho Pinheiro (PSDB), mentiu em um vídeo divulgado por ele nesta quarta-feira (09/09) em que acusa o Deputado Estadual Raul Belém de não ser o autor da indicação de R$ 185 mil reais que foram enviados aos cofres públicos ao fundo municipal de Saúde do município.

O Governo do Estado de Minas Gerais emitiu um ofício em que confirma e atesta a indicação do Deputado Raul Belém para transferência do recurso a cidade angelandense.

O motivo da desavença seria a realização de uma indicação pelo deputado a pedido do seu concorrente político, o pré-candidato Nego de Domício (PSC), que inclusive foi divulgado por ele nas redes sociais.

O dinheiro já foi transferido para a conta da prefeitura e deverá ser usado na atenção primária, ou seja, em melhorias da saúde dentro do município.

Cabe a Câmara de Vereadores realizar a fiscalização deste recurso para que seja realmente usado, conforme determina a lei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui