A Pandemia do Coronavirus vai mudar esse ano o jeito de se fazer campanhas eleitorais. Em Capelinha, por exemplo, um acordo firmado entre os candidatos definiu que não haverá comícios, caminhadas e nem passeatas, permitindo apenas reuniões com, no máximo, 30 pessoas.

A decisão foi tomada em uma reunião realizada na manhã desta segunda-feira, 28 de setembro, convocada pela Justiça, Promotoria e Cartório Eleitoral e com a presença de presidentes de partidos e de coligações.

“Apesar de não ser vedado a realização de comícios, os partidos, em comum acordo com a Justiça, entendem que não é viável a realização de tais eventos, já que colocam em risco a saúde da população. Esse ano, os candidatos precisam se preocupar com a saúde dos eleitores, por isso é necessário adotar normas de distanciamento social durante a campanha”, explicou Dr. Rafael Arrieiro Continentino, Juiz Eleitoral.

Carreatas

No caso das carreatas, os partidos decidiram que cada chapa majoritária irá realizar apenas uma carreata em datas a serem definidas em breve.

Santinhos e outros materiais gráficos

Em consenso com todos os partidos, ficou definidos que serão permitidos distribuição apenas de santinhos. Outros materiais gráficos como panfletos, jornais e outras publicações estão vetadas, com exceção dos botons e das bandeiras.

Votação do candidato

O candidatos deverá permanecer sozinho no dia da votação para evitar aglomeração

Multa

A multa para partidos, coligações ou candidatos que descumprirem o acordo é de 10 mil reais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui