O Presidente da Câmara Municipal de Veredinha, Vando, enviou ontem, 5 de dezembro, uma nota de esclarecimento assinada por ele e os vereadores Anísio, João Paulo, Oscar e Geraldo Francisquinho sobre a situação da suplementação solicitada pelo executivo.

Veja a seguir a íntegra da Nota de Esclarecimento:

“Os vereadores da Câmara Municipal de Veredinha abaixo discriminados, vem a público tornar claro a todos os servidores públicos municipais que:

• No dia 26 de dezembro de 2019, foi sancionada a Lei apreciada pela Câmara Municipal, autorizando o Executivo, e conforme previsão do mesmo, o pagamento de todos os servidores municipais do mês de Janeiro a Dezembro de 2020, incluindo o décimo terceiro salário;

• Esclarecemos ainda, que nesta mesma Lei, já continha autorização do Legislativo para o Prefeito suplementar da forma que julgasse necessário o valor de R$ 3.923.100,00;

• Entretanto, antes do processo eleitoral, e justificando que existiam obras em andamento que iriam ser paralisadas, e que os servidores municipais iriam ficar sem o salário já no mês de setembro, o Prefeito Municipal encaminhou e nós vereadores votamos mais um valor de R$ 1.883.038,00, valor este que segundo o próprio Prefeito seria suficiente para a continuidade das obras e do pagamento de todos os funcionários até o décimo terceiro salário;

• Ainda em relação a barreira do Coronavírus, o Executivo Municipal, editou decreto de calamidade, reconhecido pela Assembleia Legislativa que com isso possibilita a ele, realizar qualquer despesa sem autorização da Câmara, bastando para isto, editar decreto e dar conhecimento aos vereadores da Casa.

Sendo assim, podemos concluir, que devido à falta de planejamento e compromisso do Prefeito com toda a população e em especial com os servidores municipais, agora o Executivo Municipal tenta de forma leviana colocar a responsabilidade de seus atos na conta dos vereadores.

A pergunta que não quer calar é:

Como o Senhor Prefeito utilizou o percentual já autorizado pela Câmara?

Será que antes da eleição o Senhor encaminhou o projeto de Lei apenas com fins políticos para ganhar a eleição e deixando de lado o compromisso assumido já em janeiro com os servidores municipais?

Nós, FISCAIS DO POVO, também como os servidores do município queremos saber Prefeito :

Diante de todo relato e o vídeo do Vereador Anísio cabe ao Senhor Prefeito, responder a sociedade e a população, pelos atos de sua gestão, que se encontra desorganizada, descontrolada, mal planejada, e que na qual, não mediu esforços para obter êxito político.

Vereadores: Anísio, João Paulo, Oscar , Geraldo Francisquinho e Vando.”

O vídeo ao qual se refere a nota, pode ser assistido por meio deste link https://www.facebook.com/100013020963157/videos/1123388334771855

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui