Família procurou a polícia para registrar desaparecimento do homem que teria ido fazer uma corrida para Belo Horizonte e sumiu.

Um taxista de Santa Maria do Suaçuí (MG) foi preso na cidade de Petrópolis no Rio de Janeiro (RJ), no dia 11 de fevereiro, por tráfico de drogas. O caso foi investigado após a família procurar a polícia local para registrar o desaparecimento do homem, que teria ido fazer uma corrida com o táxi para Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Civil, no último contato feito com a família, ele disse que estava na capital mineira. Durante as investigações, foi levantado que ele teria ido ao Rio de Janeiro duas vezes, em menos de uma semana.

“Com o auxílio da Delegacia Regional de Guanhães, por meio da sua agência de inteligência, e do departamento de Governador Valadares, constatou-se que, na verdade, o desaparecido não teria ido a Belo Horizonte, teria ido ao Rio de Janeiro fazer movimentações naquele estado”, explicou o delegado de Santa Maria do Suaçuí, Douglas Mota.

Segundo a polícia, ele foi preso quando tentava retornar para Santa Maria do Suaçuí, portando drogas dentro do veículo.

“No momento, os familiares já foram avisados sobre a localização dele e que se encontra à disposição da Justiça”, concluiu o delegado.

Fonte: Portal de Notícias G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui