Sílvio Fávero, do Mato Grosso, defendia cloroquina ao mesmo tempo em que criticava uso de máscara e exigência de distanciamento social.

Morreu na tarde deste sábado (13), no Hospital Amecor, em Cuiabá, o deputado estadual do Mato Grosso, Sílvio Fávero (PSL), 54, que estava se tratando de Covid-19 há cerca de um mês, e estava internado desde o último dia 4. O deputado residia na cidade de Lucas do Rio Verde (MT).

A assessoria do parlamentar explicou que seu quadro de saúde se agravou na madrugada, e houve infecção generalizada.

Defensor ferrenho de Jair Bolsonaro,  Silvio Fávero usou várias vezes a tribuna da Assembleia Legislativa para criticar isolamento, uso da máscara e vacinação em massa.

Em fevereiro deste ano, apresentou um projeto de lei estadual “para assegurar o direto de o cidadão escolher ou não pela sua vacinação”. Fávaro também se manifestava a favor do uso de medicamentos que não têm eficácia comprovada contra a Covid-19 e compartilhava publicações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticando medidas de isolamento social.

Fonte: Jornal O Tempo

Foto: Google Imagens

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui