No mesmo dia em que foi solto após ser preso por porte ilegal de arma, o homem foi detido novamente pelo estupro.

A Polícia Civil de Manga, no Norte de Minas Gerais, descobriu o estupro de uma filha pelo próprio pai após prender o homem por porte ilegal de arma de fogo. Segundo a assessoria de imprensa, durante a confecção do boletim de ocorrência sobre o porte de arma, a delegada Thais Santos Duarte, percebeu que uma adolescente de 16 anos estava amedrontada e apreensiva em relação ao pai dela de 56 anos que tinha sido preso por porte ilegal de arma de fogo. 

“Determinei então que a equipe policial iniciasse as investigações para averiguar o possível crime de estupro cometido pelo pai em face da vítima”, diz a delegada. A polícia descobriu que a menina tinha sido mesmo estuprada pelo pai e que o primeiro abuso ocorreu em outubro de 2020. Depois disso, o homem tentou estuprar a filha novamente, mas a adolescente conseguiu se esquivar. 

Preso logo após ser solto

Enquanto as investigações sobre o crime de estupro seguiam o suspeito ficou preso por uma semana. Na última sexta-feira (12) ele saiu da prisão pela manhã após pagar fiança, mas no mesmo dia ele foi preso novamente, já que saiu mandado de prisão contra ele por causa do crime de estupro.  O homem foi encaminhado novamente ao sistema prisional.

Fonte: Jornal O Tempo

Foto: Google Imagens

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui