Segundo informações da PM, suposta vítima alegou abordagem de duas pessoas armadas que roubaram caminhonete alugada por ele.   

A Polícia Militar de Turmalina prendeu um homem de 32 anos, na última quarta-feira (24), por falsa alegação de roubo de uma caminhonete S10. Após investigações da PM de Capelinha, foi descoberto que a suposta vítima possui uma extensa ficha criminal, contendo crimes contra o patrimônio e apresentação de ocorrências de apropriação de veículos. 

De acordo com a polícia, o homem relatou que, na noite anterior, ele estava com a caminhonete pertencente a uma locadora de veículo parada próximo ao trevo do distrito de Caçaratiba, quando foi abordado por duas pessoas que estavam com armas e assim roubaram o carro. 

“Durante entrevista à suposta vítima, esta caiu várias vezes em contradições, enquanto isso o serviço de inteligência da Polícia Militar de Capelinha fazia uma série de levantamentos sobre o fato. Após algum tempo foi constatado que a caminhonete S10 havia passado naquele mesmo dia na cidade de Uberlândia e já se encontrava no estado de Mato Grosso do Sul deslocando sentido à Bolívia”, informou a polícia.  

Ainda segundo a PM, foi levantado também através da empresa locadora que o rastreador do veículo havia sido retirado quando estava na posse do homem na cidade de Montes Claros. Diante das contradições e informações levantadas, os militares trataram o ato da denúncia como comunicação falsa de crimes e a suposta vítima passou a figurar como autor, sendo assim, preso após o fato. 

Fonte e foto: Assessoria de Comunicação 23ª Cia PM Ind  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui