Localizado na Praça Doutor Badaró, no Centro da cidade, o imóvel que pertenceu ao inconfidente Domingos de Abreu Vieira e depois a família Badaró

Por Walisson Oliveira – Jornalista

A Prefeitura Municipal de Minas Novas, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, vem reformando o Solar da Família Badaró (Casarão do Inconfidente Domingos de Abreu Vieira), que sediará o “Memorial das Terras do Fanado”. O Projeto de Lei, criando o equipamento cultural foi aprovado, por unanimidade, pela Câmara Municipal da cidade em 2020.

O Solar da Família Badaró, atualmente, tornou-se um dos mais originais exemplares da produção arquitetônica do período colonial mineiro. O imóvel, que pertenceu ao inconfidente Domingos de Abreu Vieira e depois a família Badaró, com destaque ao senador e ministro Murilo Badaró (1931-2010), também abrigou Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, em mais de uma ocasião.

Ao longo dos anos, o patrimônio histórico-cultural vem recebendo restaurações especiais através do ICMS Cultural de Minas Novas e do atual Prefeito da cidade, Aécio Guedes, que vão desde a consolidação estrutural da edificação, a recuperação do telhado, a complementação de trechos degradados pelo tempo, a substituição de grande parte do piso assoalhado de madeira, a pintura externa, dentre outras restaurações.

De acordo com a página oficial do Portal da Cultura e Turismo, a atual Administração busca “o progresso e a inovação, mas garantir a preservação da história, da cultura e da memória do povo minas-novense. Cuidar bem da nossa cidade e preservar nossa cultura é cuidar de nossa história, de nosso povo e de nossa identidade”, ressalta a publicação.

Ademais, ciente dos valores simbólicos dos bens patrimoniais culturais do município, a atual Administração não mede esforços e busca, constantemente, recursos e soluções para a valorização e a salvaguarda de suas raízes históricas.

Ainda de acordo com a publicação: “a cultura é essencial para a vida e para o crescimento econômico e social. Mais do que isso, ela é nossa identidade. É compromisso desta administração cuidar da história, da cultura e da memória de Minas Novas”, finaliza a publicação.

Conforme explica Irene Barbosa Sena, chefe do departamento Municipal de Cultura, o Casarão foi cedido ao município para se tornar memorial, para que pudesse ser contemplado, pois será “um local que abrigará nossa história, cultura e memória”, ressalta Irene.

Sendo assim, ao término das restaurações, o Município de Minas Novas vai ganhar mais um espaço cultural: o “Memorial das Terras do Fanado”. A abertura desse novo espaço público de visitação ampliará áreas de conhecimento, lazer e turismo da cidade.

Acervo

Segundo Irene Barbosa, a expectativa é de que o memorial seja inaugurado em meados de 2021, tendo em vista o atual contexto de pandemia de Covid-19, sobretudo à conclusão de reparos no telhado, pintura e outros serviços, é necessário compor o acervo a ser exposto no Solar da Família Badaró.

Para ela, “será uma honra para nossa família ver o solar se tornar memorial”, pois, se o memorial terá como objetivo contar e salvaguardar a memória de Minas Novas, irá também contar a história de partes do vale do Jequitinhonha.

Ainda em 2020, em nota oficial, a Prefeitura de Minas Novas, via Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Comunicação, informou que vai organizar, inventariar e captar doações de peças, livros e documentos históricos, “assumindo o compromisso de conservar e preservar a edificação e seu acervo”.

Foto: Domingos Mota/Prefeitura de Minas Nova/Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui