O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou a prorrogação da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Febre Aftosa de 2021, em Minas Gerais, para o dia 18 de junho. A prorrogação do prazo para o encerramento da campanha, foi solicitado ao Mapa, pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), em consequência da mudança no envio da Carta Aviso aos produtores rurais.

Nesta etapa da campanha contra aftosa houve a suspensão pelo IMA do envio da Carta Aviso aos domicílios dos produtores rurais. Agora o produtor deve acessar o site www.ima.mg.gov.br, imprimir o documento e preencher seus dados. Além disso, poderá comprar a vacina apresentando seu CPF ou cartão de identificação do IMA. Após esse procedimento e, de posse da Nota Fiscal de Compra e vacinação do animal, tem um prazo de 10 dias após o término da Campanha de Vacinação para entregar a documentação no escritório do Instituto mais próximo de sua propriedade.

O diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, explica que Minas Gerais era o único estado da federação que realizava o procedimento de enviar a Carta Aviso pelo correio aos pecuaristas. “Seguindo recomendações do Governo de Minas, passamos a adotar o sistema online, visando simplificar e agilizar o processo, em vista do grande número de municípios, rebanho e propriedades rurais existentes em território mineiro”.

Assim como outros estados do Brasil, Minas Gerais está empenhada em transformar todo o seu território em área livre de febre aftosa sem vacinação. “Para alcançar este objetivo, estamos convocando todos os pecuaristas, sindicatos rurais, cooperativas e outros segmentos do agronegócio para que nos ajudem nesta empreitada”, acrescenta Altino.

O governo brasileiro aliado a outros países do continente americano e organismos internacionais concentra esforços para conter e eliminar a doença nos rebanhos da Américas por meio de uma intensa campanha de vacinação. Com esses esforços é que há 21 meses não há foco da doença na América do Sul.

Fonte e foto: Agricultura.GOV/Ilustração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui