Um homem teve um prejuízo de R$ 45 mil após cair em um golpe, em Turmalina, nesta quarta-feira, 13 de outubro. A vítima relatou à polícia que estava fazendo uma negociação de um carro e só quando foi finalizar a compra, se deu conta do estelionato.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima teria visto o anúncio do carro (Dodge Ram) em um aplicativo na internet e ficou interessado em adquirir o veículo. Após demonstrar vontade, a negociação passou a ser feita pelo telefone.

A vítima contou à Polícia Militar que começou a conversar com o possível dono do veículo, identificado como Honório, o qual dizia ser primo do dono do veículo. Após as negociações, ele havia pedido para vir à Itamarandiba, de modo a testar o carro com o verdadeiro dono do automóvel.

Segundo a PM, a vítima e o golpista negociaram a compra do veículo sem se conhecerem pessoalmente e, que o proprietário do veículo disse aos policiais, que havia sido procurado por Honório, o qual disse que um homem contataria ele futuramente, mas que não era para ele negociar valor, sim, revender o carro para esse homem por um valor maior.

De acordo com a vítima, ao contatar o proprietário, ele não questionou nada a respeito, porque já havia combinado com Honório e transferido (via PIX) um valor de R$ 45 mil para um determinada conta bancária, e o valor restante pessoalmente. Além disso, que se deslocaram ao cartório para assinar o contrato do veículo.

A vítima alega que, após fazer o PIX, o golpista disse que não estava na cidade no momento. Sendo assim, perceberam que se tratava de um golpe.

O caso foi registrado na Delegacia da Polícia Militar de Turmalina. A delegacia segue as investigações para saber do paradeiro do dinheiro e o possível golpe.

Foto: Ilustração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui