Médico capelinhense, acusado de negligência, pede desligamento de trabalho e deixa cidade

0

Após denúncia realizada por família de criança de nove meses de que o médico Sávio Caldeira seria suspeito de uma possível negligência, o Portal Gazeta dos Vales tomou conhecimento e confirmou junto a uma fonte que o profissional decidiu livremente deixar Capelinha.

Como a repercussão do caso, a Prefeitura de Capelinha abriu um processo de investigação do caso. Já a Fundação Hospitalar não quis se pronunciar sobre o caso.

Pub Artigo

O médico foi às redes sociais prestar esclarecimento sobre os fatos por meio de uma nota publicada por ele no Facebook.

De acordo com informações obtidas, no final da semana passada, o médico, de forma livre, pediu desligamento da Prefeitura de Capelinha onde atuava no ESF Maria Lúcia, e da Fundação Hospitalar de Capelinha, onde era plantonista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui