O Gazeta dos Vales traz para você o relatório completo sobre o patrimônio dos políticos capelinhenses que tiveram uma cadeira, seja no legislativo municipal, seja no Executivo.

Atualmente, o salário de de um Vereador é de 6.400,00 e de Prefeito é de 20.000 reais. Segundo informações, o valor deste salário/subsídio foi aprovado há cerca de 08 anos atrás, em 2012.

Confira:

Tadeuzinho, atual Prefeito e candidato:

Em 2016 declarou ter 115 mil reais em bens. Neste ano, em que tenta a reeleição, declarou patrimônio de 212 mil.

Wilson Coelho, Presidente da Câmara e candidato a Vice na chapa de Zezinho:

Em 2016 declarou 268 mil reais em bens. Hoje seu patrimônio é de 295 mil reias

Conheça agora os bens declarados dos candidatos a vereador:

Avenir do Hospital:

Tinha 5 mil em bens em 2016 e hoje tem 23 mil.

Ci Da Farmácia:

Tinha 17 mil em bens em 2016 e hoje subiu para 130 mil reiais.

Ci Mecânico:

Subiu de 13 mil reais em 2016 para 126 mil esse ano

Cleuber Luiz:

Subiu de 340 mil reais em bens para 391 mil em 2020.

Gedalvo:

Não declarou nenhum bem em 2016, já nessas eleições, declarou ter 298 mil reais em bens.

Gilmar Santos

Tinha 115 mil em bens em 2016 e hoje tem 240 mil.

João de Dodó:

Em 2016 tinha 452 mil reais de patrimônio. Hoje o vereador tem 512 mil.

João do Maracujá:

Em 2016 declarou ter 488 mil em bens. Já este ano, seu patrimônio reduziu para 360 mil.

Lu do Piedade:

Seus bens eram de 180 mil em 2016 e agora passou para 288 mil em 2020.

Tozão

O vereador tinha 180 mil de patrimônio em 2016, mas hoje declarou 160 mil.

Os dados citados nessa reportagem foram repassados pelos próprios candidatos à Justiça Eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui